Blog EraBom
Segunda-feira, 10 de Agosto de 2015

Coisas k chateiam: as Finanças do Restelo

Estou em mudanças de casa! Acho que já disse.

E como qualquer ser humano que adquire uma casa (as finanças dizem imóvel) em Portugal, toca a pagar uns balúrdios...só porque sim.

Só de IMT mais Imposto de Selo, toma lá com mais de 8.000€ pumba!

Até se compreende em parte, porque coitadinhos, dá uma trabalheira desgraçada toda aquela emissão de papéis, documentos, formulários apensos e guias. 

 

Pagar e morrer é quando mais tarde puder, já diz o povo mas isto tem que ser e pronto!

 

O pior não é o pagar porque isso já se espera. O pior é pagar valores diferentes de cada vez que vou perguntar algo a Finanças diferentes. Explico:

 

- à 15 dias fui às finanças do restelo. Demorei 30 minutos a explicar a operação, passei por três senhores e lá no final o sr emitiu umas guias de pagamento no valor de 8.196€. Nem achei caro, nem barato. Foi o que foi.

- como as guias de pagamento tem 24 horas e a escritura da casa estava marcada para o dia seguinte, tratei logo de enviar as guias ao banco para que dessem o ok para pagar. Esbarrou logo aí na parede. Não estava bem emitido, tinha de lá ir outra vez e tal e tal e tal....

- Fui lá de novo passados 2 dias. Esperei 80 minutos para me atenderem. Chegada a minha vez:

As Finanças do Restelo: Desculpe temos o sistema em baixo. Diga lá o que quer, dê-nos o seu email e enviamos tudo quando for possivel.

Eu "O Parvo": Desculpe, mas necessito de isto para hoje! A escritura é amanhã, o Banco tem de aprovar e sem pagamento dos Impostos, não há escritura...

As Finanças do Restelo: Pois. Sem sistema não podemos fazer nada, nem garanto quando estará disponível o sistema. 

Eu "Incrédulo": Então e não existe outra forma?

As Finanças do Restelo: Tente noutras finanças, nas de Algés por exemplo.

Eu "Outra vez Parvo": Mau..então o sistema não é o mesmo em todo o lado?

As Finanças do Restelo: Pode ser que lá dê. Tente ligar primeiro.

Eu "O tótó" (após 20 minutos a ligar para lá...): Não atendem...vou lá.

As Finanças do Restelo: Faz muito bem, adeusinho! 

Eu: Obrigado por nada!

 

Lá fui às Finanças de Algés.

Cheguei lá e após 15 minutos, fui atendido:

Eu "O Parvo": Bom dia! O seu sistema está a funcionar?

As Finanças de Algés: Sim está. Porque pergunta?

Eu "Com síndrome de Helsínquia": Porque não estava no Restelo... 

As Finanças do Algés: Pois, mas isso foi quando? O sistema quando funciona é para todos e esta manhã ainda não falhou.

Eu "Resignado":Olhe, deixe lá! O meu problema é este..... (expliquei eu tudo) 

As Finanças de Algés: Então, isso é fácil. Preencha este documento, emite-se as guias, envie ao banco e paga-se se estiver ok!

Eu "Já desconfiado": Assim tão fácil? Olhe que o seu colega disse-me que isto não era assim...

As Finanças de Algés: Olhe amigo, é como o sistema: para uns funciona, para outros não. Confie que está ok! São 8.079€

Eu: Se isto for mesmo assim, venho cá e dou-lhe um beijo!

 

E não é que estava mesmo?!?

 

Obrigado: às Finanças de Algés por quererem ajudar!

Às Finanças do Restelo e a todos que não querem ajudar: há mais marés que marinheiros e hoje sou eu, mas amanhã calha-vos alguém parecido convosco e aí vão ver como elas mordem!

homem aos gritos nas Finanças do Restelo

 

publicado por João às 14:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Restaurantes que eu recomendo: Ti Gracinda dos Leitões em Brejos de Azeitão

Quase toda a gente que é gente do Norte, como eu, sabe que ir à Mealhada em peregrinação ao leitão é um costume ancestral e guardado quase religiosamente pela malta amiga do bom tacho, da qual eu faço parte integrante!

Se ao belo do leitão estaladiço e douradinho juntarmos uma ou duas garrafinhas de Sarmentinho branco está criado um cenário digno de Rei.

 

Infelizmente e por virtude de me ter deslocado para Lisboa faz quase 15 anos, as vezes que consigo deslocar-me à Mealhada e particularmente à Meta dos Leitões (a original e não as que aí andam nos Shoppings...) é cada vez mais diminuta.

 

É claro que um moço desenrascado como moi-même, tinha de encontrar algum restaurante cá por baixo que desse para matar o bichinho...(piada parva...para o leitão).

 

Dos vários restaurantes que experimentei, gostei particularmente de 2:

 

O restaurante Ti Gracinda (vamos lá abreviar o nome que é grande) é famoso acima de tudo pelo leitãozinho assado.

Não é nenhum Cochinillo de Segovia, mas sendo um pouco mais velho, mantêm a característica que qualquer amante de leitão..rsrsr isto saiu mal...conhece: carne tenra, húmida e suculenta, sem aquele sabor a ranço mais pronunciado e persistente.

A D. Gracinda é uma querida e o restaurante na Rua da Florex, apesar de não ganhar nenhum prémio de design, é grande e arejado, limpo e bem localizado - até porque as Gaviotas são o local chic de Azeitão.

Agora ao leitão: 

Uma dose custa 10€, bem com as já famosas e apropriadas batatas fritas às rodelas, um pequeno recipiente com salada russa (não sei porquê e nem nunca tinha visto, mas a verdade é que funciona bem!) e com uma dose generosa de molho de pimenta para quem como eu, não dispensa toda e qualquer molhanga.

Se forem 2 adultos medianos, que não comam como lobos, uma dose dá bem.

Se forem 4 pessoas, por exemplo 2 adultos e 2 crianças, 2 doses chegam e ainda sobra.

Com estes preços e doses, facilmente se entende que o binómio qualidade vs preço é um dos pontos fortes desta casa.

O outro ponto forte é a qualidade do leitão, que vem sempre (pelo menos para mim) quente e estaladiço, acabadinho de fazer.

 

Apenas 2 pontos de melhoria:

As entradas - não cabe na cabeça de ninguém apresentar salada de leitão, com vinagre tipo escabeche...é estranho e desvirtua o coitado do animal que deve dar voltas na cova de cada vez que é comido assim.

As sobremesas - a maioria da vezes que lá fui, ou apanho com sobremesas em que só se vê chantily, ou com aquelas coisas normais e comuns de todos os restaurantes - mousse, arroz doce, pudim, etc... 

 

Quanto às entradas, escolham lá outra coisita, um queijinho seco ou algo que o valha.

Quanto às sobremesas, deixo um concelho/sugestão: façam lá uma parceria com a Pastelaria Regional Cego, que com as suas tortas, delícias e beijinhos, tem qualidade mais que suficiente para vos elevar a outro nível.

 

Independentemente das entradas e/ou sobremesas, eu vou lá é pelo Leitão e por isso mesmo venho sempre de sorriso na cara, por isso e para mim Bom Leitão é na Ti Gracinda dos Leitões!

 

Leitãozinho bébé - fofinho e pronto a comer

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por João às 13:08
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Casa nova: ando em remode...

. Dicas para proteger a sua...

. Aprovado: Espectáculo Mul...

. Coisas estranhas: Homem c...

. Coisas k chateiam: as Fin...

.arquivos

. Agosto 2015

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds